Vigilância permanente na construção civil

Texto: Redação AECweb

Dia Nacional de Prevenção a Acidentes de Trabalho preza a união do governo com empregadores e trabalhadores para diminuição de números

27 de julho de 2010 - O Dia Nacional de Prevenção a Acidentes de Trabalho é comemorado hoje, e reafirma a obrigação de governo, empregadores e trabalhadores a se unirem em favor da segurança e da saúde do trabalho. No contexto do aumento do nível de emprego provocado pelo crescimento econômico, é dever de todos zelar para que o aquecimento da economia não represente um aumento proporcional no número de acidentes dessa natureza.

A construção civil tem incrementado suas ações preventivas de sensibilização pelo respeito à Norma Regulamentadora (NR) 18 do Ministério do Trabalho, elaborada de forma tripartite para prevenir acidentes no setor.

Como parte deste esforço, o SindusCon-SP realizará 11ª Megasipat (Mega Semana Interna de Prevenção de Acidentes). O evento, realizado anualmente em São Paulo e em todas as nove Regionais do sindicato no Estado, acontecerá a partir de 1º de setembro, começando por Ribeirão Preto.

Cerca de 15 mil trabalhadores já participaram da Megasipat, tornando-se multiplicadores das práticas de prevenção em suas empresas. Neste ano, os participantes serão sensibilizados sobre questões específicas de suas regiões. Na capital paulista, por exemplo, a ênfase será dada na prevenção de quedas.

Além disso, o sindicato participa ativamente dos Comitês Permanentes Regionais e do Comitê Permanente Nacional (CPN), em que ocorre a atualização periódica da NR-18. Nestes colegiados, representantes do governo, das construtoras e dos trabalhadores buscam otimizar o cumprimento da norma e propor atualizações de acordo com as inovações que ocorrem nos processos construtivos. Em 6 de agosto, o SindusCon-SP passará a coordenar o CPN.

Paralelamente, prossegue o Programa SindusCon-SP de Segurança e Saúde do Trabalho (PSS), em parceria com o Senai-SP. Técnicos de segurança visitam periodicamente os canteiros de obras em todo o Estado, propondo aperfeiçoamentos. Cursos e palestras são ministrados durante todo o ano.

Em outra parceria, esta com o Seconci-SP (Serviço Social da Construção), orientam-se as construtoras e os trabalhadores para o uso correto do protetor solar. Além disso, todas as edições da publicação oficial do SindusCon-SP, a revista Notícias da Construção, trazem novas orientações sobre saúde e segurança do trabalho.

Os desafios que se impõem no presente são: estimular as empresas informais de fornecimento de mão de obra para a construção a ingressarem na formalidade e treinarem seus trabalhadores para o atendimento da NR 18; intensificar a conscientização, e elevar a qualificação profissional na construção civil. O grande aumento do contingente empregado pelo setor a partir de 2004 trouxe junto a tarefa de formar profissionais que nunca haviam trabalhado no setor, conscietizando-os dos cuidados específicos com a segurança e a saúde.

Fonte: Folha de São Paulo