Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Azulejo: como aplicar, vantagens, tipos e mais

Assista ao vídeo e aprenda a aplicar azulejo. Saiba as características do revestimento de parede, os tipos e as vantagens de usar azulejo em banheiro e cozinha

Publicado em: 07/06/2023

Texto: Ian Vieira

Azulejo sendo aplicado na parede do banheiroO azulejo é um revestimento ideal para áreas úmidas, como banheiros e cozinhas (Foto: Luiz Guilherme)

O azulejo é um dos materiais mais tradicionais da construção civil. Não à toa, também é um dos elementos mais utilizados em diferentes tipos de obras, sejam residenciais ou corporativas. Além disso, é marca registrada de muitos ambientes internos, como banheiros e cozinhas, assim como de algumas fachadas.

Sua instalação é relativamente simples e pode ser feita sem mão de obra profissional. No entanto, exige alguns cuidados básicos. Para saber quais são, assista ao vídeo que mostra todas as etapas – desde as ferramentas adequadas, passando pelas medições até o assentamento na parede.

Faça cotação de azulejo aqui!

Como aplicar azulejo?

No vídeo, simulamos a aplicação do azulejo em uma parede de banheiro. Confira a sequência completa:

Veja também

Como substituir, pintar ou adesivar azulejos?

EPIs

  • Capacete
  • Luvas
  • Óculos de proteção

Ferramentas

  • Martelo
  • Marreta de borracha
  • Mangueira de nível
  • Lápis
  • Trena
  • Prumo
  • Régua
  • Prego
  • Espaçador
  • Riscador
  • Desempenadeira dentada
  • Colher de pedreiro
  • Brocha ou trincha
  • Caixote para mistura de argamassa
  • Balde

Conferência e regularização da parede

Primeiramente, regularize a superfície com o emboço. Depois, faça a conferência da parede com o prumo e a régua.

Medidas da parede

Agora, é hora de tirar as medidas. Primeiro, confira o nível com a mangueira. Em seguida, crie o ponto de partida. Necessário, também, encontrar a dimensão mais baixa e transferi-la para o lado mais alto (isso é feito em relação ao contrapiso e ao nível).

Medidas da peça

Nessa etapa, deve-se encontrar a medida do azulejo (desconte a dimensão do piso).

Preparo da argamassa

Chegou a vez de preparar a argamassa. Siga as proporções de mistura indicadas pelo fabricante. A mistura pode ser feita manualmente ou com misturador mecânico.

Assentamento

Argamassa sendo aplicada no verso do azulejoA argamassa deve ser aplicada no verso do azulejo para cobrir o espaço restante da fiada (Foto: Luiz Guilherme)


Comece fazendo o apoio dos azulejos com a régua e os pregos.  Com auxílio de uma trincha ou brocha, umedeça a superfície. Se preferir, faça o contorno de cada azulejo com o lápis na parede – isso vai ajudar a calcular a quantidade de argamassa.

Feito isso, pegue a argamassa com a parte lisa da desempenadeira (sempre para baixo). Use os dentes para fazer os cordões na parede. Não esqueça de umedecer a parte de trás do azulejo. Para assentar as peças com uniformidade, considere a direção das setas na parte de trás de cada peça.

Na sequência, utilize a marreta de borracha para ajustar os azulejos. E use os espaçadores para garantir o distanciamento adequado entre cada peça.

Repita o processo ao longo da fiada, sempre averiguando se há “degraus” nas peças coladas. No caso dos espaços que faltaram ser preenchidos, é necessário tirar as medidas para o recorte do azulejo (considere meio centímetro afastado da parede). Depois, transfira a medida para o azulejo e faça o recorte com o riscador.

Para aplicar a peça nesse trecho, deve-se passar a argamassa diretamente no verso e fazer os cordões.

Azulejo sendo recordado com o riscadorO azulejo pode ser recordado com um equipamento chamado riscador (Foto: Luiz Guilherme)


Importante

Não deixe de fazer a marcação da torneira e da caixa elétrica na parede. Para fazer o recorte das peças, use a serra mármore.

Limpeza e rejunte

A limpeza deve ser feita a cada fiada com um pano úmido. E o rejunte pode ser feito após 72 horas da aplicação.

O que é azulejo?

O azulejo é um revestimento com duas funções básicas: proteger e dar o acabamento em superfícies como paredes e pisos. Seu uso remete aos tempos antigos e tem forte influência das culturas egípcia, árabe, holandesa e portuguesa. Com o passar do tempo, ganhou novas tecnologias que o mantém como protagonista em diversos projetos, mesmo com os produtos mais modernos.

Esse material dá proteção em superfícies como paredes e pisos, pois apresenta baixíssimo nível de expansão por umidade (abaixo de 0,6 mm/m). Daí sua utilização ser indicada para áreas molháveis. E garante o embelezamento devido aos diferentes formatos e às possibilidades de receber uma vasta gama de estampas e cores para valorizar os ambientes.

Tipos de azulejo

Conheça os dois principais tipos de azulejo:

PropriedadesCerâmicaPorcelana
Matéria-primaMistura de barros vermelho e brancoArgila de porcelana (mais fina)
FabricaçãoÚnica queimaQueima sob temperatura mais elevada
VisualTerracota (no verso das peças)Naturalmente colorida
AcabamentoBrilhante, acetinado e estampadoBrilhante, acetinado e estampado
Dimensões básicas (cm)Peças comuns: 10 x 10 | 20 x 20 | 21 x 21
Peças artesanais: 15,5 x 15,5 | 20 x 20 | 10 x 10
Peças comuns: 10 x 10 | 20 x 20 | 21 x 21
Peças artesanais: 15,5 x 15,5 | 20 x 20 | 10 x 10


Aplicador tirando as medidas do azulejo na paredeO azulejo é um revestimento de baixo custo, fácil de aplicar e muito simples de limpar (Foto: Luiz Guilherme)


Quais as vantagens da utilização do azulejo?

Engana-se quem pensa que esse revestimento é frágil ou meramente decorativo. As vantagens da utilização do azulejo são muitas. Por exemplo: sua superfície é esmaltada, o que lhe garante boa impermeabilidade. Outro diferencial é o fato de suas placas serem leves, assim não sobrecarregam a estrutura.

Outras vantagens são:

  • Baixo custo;
  • Simples aplicação;
  • Boa adesão nas superfícies;
  • Fácil limpeza;
  • Resistência contra manchas, ácidos e álcalis;
  • Proteção contra umidade e vapores;
  • Ótimo comportamento ao fogo.

Azulejo para cozinha

O azulejo para cozinha é relativamente prático de instalar (deve ser instalado com altura mínima de 1,50 m em todas as paredes). E se antes a escolha priorizava fatores como fácil limpeza e manutenção, atualmente o critério principal é a inovação. Afinal, a indústria desenvolveu peças com muitas outras cores (do branco ao azul), paginações e tamanhos.

Vantagens de usar azulejo para cozinha

  • Material resistente: contra gorduras e resíduos;
  • Simples de limpar: basta um pano úmido para manter a superfície em bom estado;
  • Fácil reposição: as peças têm boa disponibilidade no mercado.

Azulejo para banheiro

O azulejo para banheiro é uma opção bastante viável para esse tipo de recinto, pois permite compor facilmente com outros revestimentos e eletrodomésticos. Existem vários modelos – entre eles, os coloridos e os estampados, que dão um toque mais arrojado ao ambiente.

Vantagens de usar azulejo para banheiro

  • Suporta bem a ação do vapor;
  • Boa resistência à umidade;
  • Por ser fácil de limpar, ajuda a garantir a higiene do banheiro.

Veja também

Azulejos levam cor e personalidade aos mais diversos ambientes
Acesse o nosso canal no YouTube para assistir a outros vídeos de passo a passo