A transformação do espaço

Publicado em: 26/05/2009

Os espaços se transformam de acordo com as mudanças de comportamento da sociedade. O apartamento encolheu, antigamente alto padrão tinha dormitório de quinze metros quadrados, uma única  vaga na garagem  já era um luxo para a época,o número de banheiros era mínimo  e o famoso bidê estava presente em todos eles,poderíamos falar até que eram salas de banho,e sem falar do famoso dormitório de empregada e o quarto de costura em alguns casos.

Tudo isso mudou,hoje o apartamento encolheu,vaga de garagem é um sinal de valorização em uma cidade que privilegiou a cultura do automóvel chegando a um auto para dois habitantes e a vaga aumentou ,com a entrada no mercado de automóveis de grande porte,a S.U.V (Sport Utility Vehicle) um utilitário esportivo de dimensões avantajadas que necessitam de vagas maiores, automóveis adquiridos  pelas classes mais abastadas de nossa sociedade.

A variedade de planta é também o resultado de tudo isso, um público mais exigente em todas as classes sociais, o dormitório da empregada que pode ser transformado em escritório,ou em closet ampliado,as salas que possibilitam mudanças de paredes, ampliações,generosas, as varandas que aumentaram podendo até parecer um pequeno quintal privativo para quem vive em condomínio.

A vida agitada da metrópole contribui para essa mudança, os grandes condomínios tentam levar o máximo possível de equipamentos que uma cidade pode oferecer, sempre nos lembramos dos famosos itens de lazer, antigamente tínhamos o salão de festas e a área de lazer restrita, hoje existe entretenimento para todas as faixas etárias, cinema, estúdio para ensaio de banda, salão de cabeleireiro, academias, os equipamentos estão cada vez mais próximos, pode ser uma conseqüência da vida atribulada e aumento da violência. Os clubes esportivos estão indo ao condomínio particular, e a tendência é levar o espaço de trabalho, já existem muitos casos da relação morar e trabalhar no mesmo local.

Até agora me referi apenas a mudanças na área residencial. Podemos notar tendências de mudanças na área comercial, principalmente na prestação de serviços, cada vez mais os públicos são focados e direcionados, antigamente uma livraria apenas vendia livros, que é o mais óbvio admissível, hoje ela não pode só vender,o consumidor mudou, ficou mais exigente, ele quer tomar um bom café enquanto aprecia um livro, sentar-se em uma poltrona confortável, escutar suas músicas prediletas e ter a possibilidade de comprar mais do que livros. São mudanças de comportamento em uma sociedade cada vez mais exigente.

Além da livraria podemos notar uma infinidade de espaços comerciais que passaram por transformações, postos de gasolina que possuem lojas de apoio, farmácias que passaram a valorizar espaços de beleza integrados, salão de cabeleireiros com loja de roupas e restaurantes com culinária exótica que passaram a oferecer entretenimento pós refeição como pista de dança.

O Arquiteto deve estar atento a tudo isso, a essas transformações da sociedade, que podem originar novos campos de trabalho profissional, novos nichos de mercado para um público diversificado, que pode ser classificado por faixas etárias, preferências por tendências de moda e hábitos, classes sociais diferentes.