Filtrar

PESQUISE POR ESTADO E REGIÃO

REGIÃO DE ATENDIMENTO

Box para banheiro

O Box para Banheiro deixou de ser apenas um item funcional que impede que a água do chuveiro invada o cômodo para ser um artigo de decoração. Existem no mercado inúmeros modelos, com diferentes designs, que atendem a todos os gostos.

Box de vidro para banheiro

Divinal Vidros

Box de vidro para banheiro

A Divinal Vidros apresenta o box de vidro para banheiro, o mais seguro do país. Com garantia exclusiva, o produto tem grande...

Box de vidro para banheiro
Tempered® Plus

Divinal Vidros

Tempered® Plus

Altamente seguros, os vidros com película de segurança Tempered® Plus evitam acidentes, pois em caso de quebra, os fragmentos...

Tempered® Plus
Box Elegance
Box Elegance
Box Flex
Box Flex
Kitbox Chapa
Kitbox Chapa
Kitbox Temperado
Kitbox Temperado
Boxes
Boxes

O vidro é sem dúvida o material mais empregado. Versátil, ele pode receber variados acabamentos, como fosco, jateado, colorido, liso, com adesivos etc. Os produtos feitos com painéis de vidro devem respeitar a NBR 14.207/2009, que trata dos requisitos mínimos para segurança, escolha de materiais e instalação. Versões de acrílico e PVC também são comuns.

Formatos de Box para Banheiro 

 Quanto ao formato, o box pode ser de correr, de abrir, sanfonado ou de canto. A escolha deve ser feita, principalmente, com base no espaço disponível. O que tem porta de correr pode ser instalado em qualquer tipo de banheiro, mas fica perfeito nos pequenos, já que não é necessário espaço para abrir a porta.

A porta de vidro é fixada em roldanas aparentes ou embutidas na parte superior e corre pelo trilho colocado no piso. Essa porta pode ir do chão ao teto.

O modelo de abrir exige espaço para a abertura da porta, sendo, portanto, indicado para banheiros médios ou grandes. A porta, com dobradiças, pode abrir para dentro ou para fora. O puxador é um detalhe importante, são uma infinidade de modelos, dos mais básicos aos mais sofisticados.

O sanfonado, menos usual, é composto por duas folhas de vidro que correm em trilhos superiores e inferiores. Também é ideal para ambientes pequenos. Por fim, o de canto ou de quina, também é indicado para espaços reduzidos, tem duas portas de correr que formam um ângulo de 90 graus.

Cuidados na instalação do Box para Banheiro

Precisão é a palavra-chave na hora de se instalar um box no banheiro, de modo a evitar problemas como portas barulhentas, travamento das portas, vidros soltos, quebra e estilhaçamento do vidro e infiltração.

A manutenção preventiva, realizada de seis em seis meses, também é importante, principalmente nas roldanas e nos batedores.

A instalação varia de acordo com o material e o modelo do produto. Mas os cuidados abaixo servem para qualquer tipo:

  • Saber por onde passam os canos para que eles não sejam perfurados;
  • Limpar e secar o banheiro antes da instalação;
  • Conferir se o kit para instalação está completo, para boxes de vidro com uma folha fixa e uma móvel, por exemplo, são necessários: trilho superior, capa superior, guia de piso, guia da porta, click da guia de piso, click do trilho superior, perfis U, roldanas, puxador, calços e batedores.

Separar as ferramentas: arco de serra de dente fino, lima para acabamento, chave de fenda, chave Philips, chave Allen de 4 mm, furadeira, parafusadeira, broca de aço rápido de 6 mm, broca de 6 mm, rebitadeira, vassourinha, trena, prumo de centro, nivel de parede, aplicador de silicone e tubo de silicone.

Impermeabilização do Box para Banheiro

  1. Limpar a superfície, retirando todo tipo de resíduo;
  2. Regularizar o contrapiso de forma que ele tenha 1% de caimento na direção do ralo. Nos rodapés, usar meia-cana;
  3. Umedecer as paredes;
  4. Aplicar o impermeabilizante em toda área do box de forma homogênea;
  5. Seis horas depois, aplicar a segunda demão no sentido oposto. Uma terceira mão é recomendada para o piso e a parede (até 1 m do chão. No restante da parede, basta uma demão). 
  6. Proteger os rejuntes da parede com produtos seladores ou protetores.

O ralo também deve ser impermeabilizado. No entanto, em vez de argamassa polimérica, usa-se manta líquida, que é flexível e não comprime o encanamento. Assim, a probabilidade de os canos serem furados é menor.

Devem ser aplicadas duas ou três demãos de manta líquida, na vertical e na horizontal alternadamente, seguindo o intervalo recomendado pelo fabricante. Para que a impermeabilização de ralos e também de rodapés seja eficaz, é importante usar a tela estruturante que costuma acompanhar o produto, pois ela não permite que ocorram movimentações.