Pisos condutivos

O piso condutivo é um piso técnico vinílico composto por uma base eletrocondutora de carbono capaz de dissipar, para o sistema de aterramento da construção, as descargas estáticas provenientes de aparelhos elétricos mais sensíveis.

Formipiso Dissipativo

Única Laminados

Formipiso Dissipativo

Formipiso Dissipativo, da Formica, é ideal para situações em que a dissipação das cargas eletrostáticas deve acontecer em...

Formipiso Dissipativo
Manta Vinílica Homogênea IQ Toro SC

Única Laminados

Manta Vinílica Homogênea IQ Toro SC

A Manta Vinílica Homogênea IQ Toro SC da Tarkett é ideal para locais onde o substrato que receberá o revestimento é o próprio...

Manta Vinílica Homogênea IQ Toro SC
Piso Antiestático
Piso Antiestático

A instalação do piso condutivo é obrigatória em centros cirúrgicos e salas de anestesia de hospitais para garantir a segurança de médicos e pacientes de acordo com a RDC 50/2002 – Regulamento Técnico para Planejamento, Programação, Elaboração e Avaliação de Projetos Físicos de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). 

Como especificar pisos condutivos

Os pisos condutivos de grandes fabricantes costumam apresentar características semelhantes. São comercializados, geralmente, em placas com 60 cm x 60 cm ou rolo com 2 m x 20 m.

O piso precisa apresentar excelente resistência mecânica, resistência a choques e a lavagens frequentes com produtos abrasivos, ser liso e sem fendas e poros, ser impermeável, proporcionar conforto termoacústico, suportar tráfego intenso de pessoas e ser fácil de limpar.

Especialistas recomendam cores claras, que realçam a sujeira e indicam quando o piso precisa ser lavado. Os rodapés devem ser curvos para não acumular sujeira nos cantos. Para que não haja nenhuma fenda nos rodapés, eles precisam ser instalados por mão de obra especializada.

Como instalar pisos condutivos

Uma malha de fitas de cobre é aplicada sobre o contrapiso e depois conectada ao aterramento da edificação.

Em seguida, o piso vinílico é aplicado com adesivo condutivo e as emendas são soldadas a quente, o que garante que o piso fique monolítico, evitando a proliferação de micro-organismos.

Como manter pisos condutivos

A limpeza é simples e deve ser feita com frequência para manter a boa aparência

No entanto, alguns cuidados devem ser tomados a fim de evitar que o piso condutivo seja danificado e perca as suas propriedades: não utilizar solventes derivados de petróleo; utilizar somente detergente neutro e, se houver manchas de iodo, aplicar um produto específico indicado pelo fabricante; e jamais encerar, pois a película formada pela cera impede que as cargas elétricas estáticas sejam dissipadas adequadamente.

Leia mais sobre o uso de pisos condutivos em ambientes hospitalares