Isorecort forneceu lajotas bidirecionais de EPS para obra em Mauá

As lajotas bidirecionais de EPS, do Grupo Isorecort, garantiram benefícios termoacústicos ao edifício. Por serem mais leves, facilitaram a logística e a instalação

Lajotas bidirecionaisAs lajotas bidirecionais de EPS são retardantes
à chama (foto: divulgação/Isorecort)

Fabricante de uma ampla variedade de soluções em Poliestireno Expandido (EPS) para a construção civil, o Grupo Isorecort teve um dos produtos de sua linha utilizado em um grande empreendimento na Grande São Paulo.

Para as lajes do edifício de 21 andares, os projetistas optaram pelo uso de lajotas bidirecionais de EPS do tipo 3F (material puro com densidade de 13 a 15 kg/m³ e retardante à chama classe F). A escolha foi motivada pelos diversos benefícios do material – tanto para o processo construtivo quanto para o resultado final.

BENEFÍCIOS DO USO DE LAJOTAS DE EPS PARA ESTRUTURA E PROCESSO CONSTRUTIVO

O uso de lajotas de EPS proporciona inúmeros benefícios para a execução da obra. Mais leves, demandam menor quantidade de operários para transporte e montagem – que pode ser até duas vezes mais rápida. Além de uma execução mais ágil, economiza-se mão de obra.

Quando comparadas às soluções cerâmicas, há uma significativa redução tanto na quantidade de vigotas quanto no consumo de concreto para a capa. Somado à natural leveza das lajotas de EPS (98% mais leves do que as soluções tradicionais), traduz-se em uma laje até 30% mais leve – o que reduz a carga de cada laje sobre a estrutura da edificação. Lajes com menor peso permitem um cálculo estrutural mais enxuto, gerando economia ao projeto.

BENEFÍCIOS ESPECÍFICOS DAS LAJOTAS BIDIRECIONAIS DE EPS

As lajotas bidirecionais oferecem ainda mais benefícios:

• Lajes com menor espessura: essas lajotas possuem apoios longitudinais e transversais. Sobre elas, são distribuídos – no mínimo – quatro apoios. Assim, a laje faz a distribuição uniforme dos esforços, o que permite que sua espessura seja menor.
Grandes vãos livres: a distribuição mais uniforme da carga sobre a laje também reduz a quantidade necessária de estruturas de sustentação, permitindo que se trabalhem grandes vãos, otimizando o espaço útil da construção.
Estabilidade estrutural: lajes construídas com as lajotas dividem os esforços estruturais até a fundação. O resultado é um edifício mais estável e equilibrado.
Substituem as formas tipo “cubeta”: as lajotas bidirecionais de EPS também podem ser utilizadas em lajes bidirecionais nervuradas, em forma de blocos, substituindo as formas plásticas tipo “cubeta” nas mesmas dimensões e preservando as características do projeto estrutural original.

BENEFÍCIOS AOS USUÁRIOS/HABITANTES FINAIS DA EDIFICAÇÃO

• Conforto térmico: as lajotas bidirecionais de EPS são ótimos isolantes térmicos. As do tipo 3F – como as utilizadas na obra em questão – possuem coeficiente de condutibilidade térmica de 0,042 W/m.K.
• Economia de energia elétrica: como ótimos isolantes térmicos, as lajotas de EPS diminuem a influência da temperatura exterior sobre a interior, melhorando a eficiência de aquecedores e aparelhos de ar-condicionado.
• Conforto acústico: as lajotas de EPS formam – quando concluída a laje, e em conjunto com a capa de concreto e o reboco – um sistema de “massa-mola-massa” que reduz a transmissão de ruídos entre os andares.

FICHA TÉCNICA DA OBRA

Lajota EPSAs lajotas bidirecionais de EPS proporcionaram
agilidade à obra (foto: divulgação/Isorecort)

• Obra: Pedra do Sol Empreendimentos Imobiliários
• Localização: Mauá – SP
• Tipo de obra: prédio de 21 andares
• Área total: aproximadamente 5.250 m²
• Aplicação: laje treliçada bidirecional
• Fornecimento da laje: PreMold – RM
• Material utilizado/tipo: lajotas de Poliestireno Expandido (EPS) 3F – densidade de 13 a 15 kg/m³
• Fabricante das lajotas de EPS: Grupo Isorecort
• Quantidade: aproximadamente 750 m³
• Medidas:
• H16: 2590 x 500 x 160 mm
• H12: 2590 x 500 x 120 mm

SEGURANÇA, RESPONSABILIDADE AMBIENTAL E ATENDIMENTO À NBR 15.575

O uso das lajotas de EPS e das demais soluções em Poliestireno Expandido contribuem para que os projetos atendam à Norma de Desempenho NBR 15.575 nos critérios relativos a isolamento térmico, acústico e segurança.

O EPS fornecido pela Isorecort para a construção civil é fabricado com retardante à chama (classe F), cumprindo as exigências de segurança ao não propagar fogo em caso de incêndio. Além de cumprir as normas de segurança, o EPS deixa a obra mais “verde”: é um material 100% reciclável, produzido sem CFC e com baixa geração de resíduos. O resultado é uma obra limpa e sem desperdícios, atendendo às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

QUALIDADE E TECNOLOGIA ISORECORT

O Grupo Isorecort fabrica diversas soluções em Poliestireno Expandido para a construção civil, respeitando as diretrizes da NBR 11.752. Com certificação ISO 9001, a empresa produz em grande escala e em maquinários modernos, atendendo às demandas de grandes obras. As peças são entregues em todas as regiões do País, com frota própria e no menor prazo. Tudo com a facilidade de pagamento pelo cartão BNDES.

A empresa conta, ainda, com representantes especializados no mercado de EPS para esclarecer quaisquer dúvidas.

Clique para obter catálogo e outras informações deste produto Veja mais produtos deste fornecedor disponíveis no Portal AECweb

Mercado da obra

Produtos Relacionados

MAIORES INFORMAÇÕES

Catálogos para download

VER MAIS CATALOGOS
Download de catálogo

Calço e Cantoneira em EPS

Download de catálogo

Bloco em EPS para Usinagem

Download de catálogo

Caixa Térmica – Linha Farmacêutica

Download de catálogo

Caixa Térmica em EPS

Estudos de Casos

Informativos Técnicos