Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Lajes e painéis alveolares

Inúmeras vantagens estão associadas ao uso de Lajes e Painéis Alveolares em uma obra, a começar pela rapidez na execução. A solução também dispensa escoramento e requer menor quantidade de material e de mão de obra.

Lajes

PREFORT

Lajes

A Prefort possui dois tipos de laje para a construção civil. A Laje Alveolar possui alvéolos que contribuem para a redução do...

Lajes
Pilares

PREFORT

Pilares

Os Pilares pré-moldados de concreto armado são um dos principais elementos estruturais ainda permite contribuir com alguns...

Pilares
Laje Alveolar

Laje Alveolar

Muros Pré-fabricados

Muros Pré-fabricados

Painéis Alveolares

Painéis Alveolares

Forro de EPS

Forro de EPS

Laje Alveolar

Laje Alveolar

Como oferece isolamento térmico e acústico melhor do que outros sistemas, contribui para a redução do uso do ar-condicionado e, consequentemente, do valor da conta de luz.

A estrutura desse tipo de laje é composta de painéis alveolares pré-moldados de concreto protendido com 12 cm a 50 cm de espessura, em média. Os alvéolos são aberturas longitudinais no interior das peças que as tornam mais leve.

Para a construção da laje alveolar é preciso, primeiramente, verificar se ela é viável. Para citar um exemplo, o terreno tem de ser propício à montagem e à movimentação dos equipamentos usados na instalação, e o acesso dos profissionais para colocação das peças precisar ser facilitado. A solução é ideal para obras com vão de até 20 m.

Fabricação das Lajes e Painéis Alveolares

Os fabricantes devem seguir os parâmetros da NBR 14.861/2011 – Lajes Alveolares Pré-Moldadas de Concreto Protendido – Requisitos e Procedimentos, da ABNT. Segundo ela, a resistência mínima para a protensão é de 21 MPa, alcançada entre 16 e 24 horas. Assim, aos 28 dias, atinge-se a resistência de 50 MPa.

Para a formação dos alvéolos, a laje pode ser fabricada em fôrmas fixas constituídas por fôrmas laterais e tubos de aço ou infláveis de PVC; e por equipamentos de extrusão ou moldadoras com concreto de alto desempenho.

Em fôrmas fixas, utiliza-se um concreto com maior abatimento e a vibração deve ser feita com mangotes ou vibradores aderidos. Na extrusora, o concreto usado é mais seco e a compactação é feita prensando a massa entre roscas sem fim metálicas, que impulsionam a máquina para frente.

Se for usada uma moldadora ou máquina com a tecnologia slip-form, o concreto empregado deve ter uma consistência intermediária e a compactação deve ser feita por vibradores fixados no chassi do equipamento, que tem motor redutor específico para impulsão do conjunto máquina-chassi.

Com a moldadora, o acabamento é mais liso, por isso a máquina é bastante empregada na produção de painéis alveolares para fechamentos.

Há ainda a tecnologia wet-cast, que exige um concreto com mais argamassa e mais cimento. O produto final é contínuo, com geometrias diversas (basta trocar o chassi da máquina). Esse tipo de equipamento é indicado para a produção de elementos estruturais como arquibancadas com lajes alveolares e vigas de seção contínua.

As peças que compõem a laje são feitas em pistas contínuas, que medem de 100 m a 200 m. A velocidade da fabricação fica entre 1,5 m/min a 4 m/min, dependendo da tecnologia utilizada. Depois que a protensão é liberada, as peças são cortadas no tamanho especificado no projeto com equipamentos que possuem serras diamantadas.

Como transportar e instalar Lajes e Painéis Alveolares

O transporte das lajes alveolares é feito em caminhões. As peças precisam ser empilhadas com um calço entre elas (um saco de areia ou uma placa de madeira) para impedir a introdução de tensões não previstas. O número de peças na pilha deve seguir as determinações da norma técnica, considerando o meio de transporte utilizado.

Quando as lajes são montadas com juntas longitudinais preenchidas, é necessário avaliar se as peças estão niveladas por baixo e, se não estiverem, um torniquete pode ser feito, passando pela chaveta para o ajuste.

Esse procedimento é chamado de equalização. As Lajes e Painéis Alveolares devem ser apoiadas nas vigas, que também podem ser pré-moldadas, metálicas ou moldadas no canteiro de obra. Nessa etapa, o maior cuidado é com o comprimento mínimo do apoio, que deve estar em conformidade com o projeto.