Pisos e revestimentos cimentícios

Os pisos e revestimentos cimentícios podem ser aplicados no acabamento de pisos, paredes e fachadas em áreas internas ou externas. Trata-se de uma opção econômica para quem deseja um efeito estético que inclusive pode imitar a textura de madeiras, mármores ou outras pedras.

São extremamente duráveis - existem modelos no mercado que duram 50 anos - , resistentes e fáceis de manter. Além disso, retêm pouco calor, sendo ideais para a área ao redor de piscinas.

A resistência do revestimento é garantida pela instalação correta, feita por mão de obra especializada, e faz com que esse material seja indicado para locais com circulação intensa de pessoas e veículos, como garagens. Alguns tipos são empregados também em banheiros, por serem antiderrapantes.

O cimento queimado e o cimento branco são algumas opções. Veja a seguir suas especificidades.

Pisos e revestimentos de cimento queimado

É uma solução barata e versátil, já que pode ser aplicada em diferentes tipos de projeto. O efeito "queimado" é conseguido jogando-se cimento em pó sobre a argamassa fresca, mole e úmida ou sobre o contrapiso já existente. A espessura recomendada é de 2 a 3 mm.

Para evitar fissuras, o ideal é executar o acabamento em um dia em que a umidade relativa do ar esteja acima de 40% e a temperatura, abaixo de 25°C. Além disso, juntas de dilatação de plástico, madeira, metal ou cerâmica devem ser aplicadas com espaçamento de até 1,5 mm.

Pisos e revestimentos de cimento branco

Esse tipo de revestimento cimentício é aplicado da mesma forma que o cimento cinza, podendo também ser queimado. A cor do cimento queimado branco é mais uniforme do que a do cimento queimado comum, sendo ideal para grandes espaços comerciais, como shoppings, supermercados e indústrias.

O cimento branco custa mais caro do que o cinza e é menos resistente, podendo rachar ou craquelar. Assim, sua execução merece cuidado redobrado. Ele fica ótimo quando combinado com paredes de concreto aparente e detalhes de madeira de demolição, proporcionando rusticidade ao ambiente.

Pisos e revestimentos de cimento queimado colorido

O cimento queimado também pode ser colorido. Para obter as cores vermelha, amarela, azul e verde, deve-se adicionar corantes à base de óxido de ferro à massa. Já para conseguir tonalidades mais claras são usados pó de mármore e pó de granito. Para a obtenção de uma cor homogênea, o ideal é usar cimento e areia brancos misturados à mesma quantidade de pó de mármore, que também é branco. Essa mistura retarda a cura do material.

A pigmentação dos pisos e revestimentos cimentícios à base de óxido de ferro pode ser feita acrescentando-se de 2% a 6% de pigmento em relação à massa de cimento no momento da preparação da argamassa. Já se a intenção for obter um piso manchado, é preciso salpicar o corante sobre a argamassa antes do processo de queima.